Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas

As mudanças climáticas decorrentes da ação antrópica são o maior desafio que a humanidade precisa enfrentar atualmente. A fim de garantir a continuidade da espécie humana no planeta, precisamos garantir um meio ambiente ecologicamente equilibrado para as futuras gerações.

Nesse sentido, o Verdeluz tem atuado nas negociações internacionais de mudanças climáticas, no âmbito das Nações Unidas, com o intuito de fornecer às discussões uma noção de como são sentidos os efeitos da mudança do clima na realidade local. Desde 2014, temos feito o link entre os debates internacionais com os movimentos locais de resistência contra a indústria de combustíveis fósseis, notadamente com o Fórum Ceará no Clima.

Estivemos com duas representantes na COP 20, realizada em Lima, Peru, em 2014; com seis representantes na COP 21, realizada em Paris, França, em 2015, na qual foi assinado o Acordo de Paris; e com 2 representantes na COP 22, realizada em Marrakesh, Marrocos, em 2016.

Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 14 – Conferência sobre os Oceanos

A agenda 2030 da ONU é um conjunto ousado de 17 objetivos – conhecidos como ODS – e 169 metas universais, a serem implementadas pelos países signatários, como meio de alcançar a igualdade de gênero, de garantir direitos humanos fundamentais para todos e de atingir as três esferas –  econômica, social e ambiental – do desenvolvimento sustentável em escala global.

De 5 a 9 de junho de 2017, na sede da ONU em Nova Iorque, ocorreu a Conferência sobre os Oceanos, dedicada à implementação do ODS 14, referente à vida na água, nos países que assinaram a Agenda 2030. Objetivando traçar planos de ação para conservar e utilizar de forma sustentável os oceanos, os mares e os recursos marinhos, reuniu os principais chefes de Estado e de Governo, cientistas e representantes de organizações que trabalham o tema em todo o mundo.

O Verdeluz enviou uma representante para esta Conferência e, na ocasião, teve a oportunidade de cadastrar, na plataforma do evento, um compromisso voluntário de realizar uma ação de sensibilização voltada à poluição marinha por resíduos sólidos em Fortaleza. Desta forma, o Instituto se inclui no movimento internacional de conservação dos oceanos, ao mesmo tempo em que atua localmente para a implementação do ODS 14.

Harmonia com a Natureza – ONU

A iniciativa Harmonia com a Natureza da ONU é voltada para a promoção de uma redefinição da relação entre homem e Natureza, propondo a quebra do paradigma antropocêntrico, que tem trazido consequências negativas para o bem-estar da humanidade e para a saúde do planeta Terra.

A Assembleia Geral da ONU, desde 2009, reconhece o dia 22 de abril como o Dia Internacional da Mãe Terra, um marco que possibilitou o reconhecimento, entre os estados-membros, da necessidade de promover a harmonia com a Natureza como meio de alcançar um equilíbrio social, econômico e ambiental que garanta a existência das futuras gerações humanas.

Acreditamos na urgência de rever a forma como o homem se relaciona com o meio ambiente, e na necessidade de situar os seres humanos e os demais seres e elementos da Natureza em patamar de igualdade, como forma de resolver a crise humana e ambiental. Assim, o Verdeluz apoia este movimento, gerenciando as redes sociais – Facebook e Twitter – da iniciativa Harmonia com a Natureza da ONU, contribuindo para a sua divulgação.

Fonte da imagem: Twitter Harmony with Nature, 2017.